Home Dicas Entenda a importância da organização dos setores da empresa

Entenda a importância da organização dos setores da empresa

5 minutos lido
0

A divisão de tarefas faz parte do funcionamento social da humanidade desde as primeiras civilizações, apresentando-se em aspectos cotidianos, como a família, até às estruturas organizacionais mais complexas. Atualmente, existem estudos e toda uma evolução no modo com que essa divisão acontece, assim como meios de torná-la mais efetiva, conforme os objetivos da organização.

Em uma empresa, essa distribuição de funções se materializa em setores, que podem apresentar os mais diversos formatos e funcionamentos de acordo com o tamanho do negócio e os recursos disponíveis. A questão é que não importa a quantidade de funcionários ou o porte da empresa: desde que esses setores estejam bem organizados e integrados, ela aumenta suas chances de sucesso. Neste artigo você poderá saber mais sobre a organização dos setores da empresa e os seus impactos para o negócio.

Quais são os principais setores de uma empresa?

Os setores de uma empresa podem ser verticais, apresentando uma relação de hierarquia entre eles; horizontais, situação na qual todos têm “igualdade” de poderes; ou mistos, quando existem alguns setores subordinados a outros e alguns em condição de igualdade. Independentemente desse formato de gestão, sempre existe a divisão de funções entre setores organizados, que apresenta como seus principais representantes:

Administrativo

É o setor da empresa responsável pelo planejamento estratégico, gestão, atribuição de tarefas, coordenação, análise de dados e supervisão dos outros setores. As tomadas de decisão e direções da empresa, geralmente, se concentram nesse setor.         

Financeiro

Em algumas empresas funcionam paralelamente ou acoplado ao setor administrativo. Como o nome sugere, esse setor é responsável pela gestão de recursos e contas da empresa.

Recursos humanos

Também conhecido como departamento de pessoal ou gestão de pessoas, é responsável pelo recrutamento, seleção, contratação, relação e acompanhamento dos profissionais por um lado e, em alguns casos, pelo relacionamento com o cliente.

Setor comercial

Atualmente, em boa parte das instituições, é esse o setor responsável pela relação com o cliente além de envolver o marketing e o processo de vendas.

Setor operacional

Esse setor da empresa é a “ponta”. É ele que executa a tarefa final, por exemplo, entrega ou venda final para alguns negócios e, em outros, diz respeito a confecção do produto final. Gestão logística, maquinário e afins estão na responsabilidade desse setor.

Qual a importância de organizar os setores da empresa?

Como você pôde observar, cada setor apresentado dentre aqueles que são mais comuns em uma empresa apresenta uma função muito peculiar. Essas funções são complexas e se desdobram em várias tarefas de acordo com as necessidades da empresa. Consegue imaginar, se não houvesse essa divisão, como seria gerir todos esses processos? Nesse sentido, os benefícios de ter os setores da empresa bem organizados são, no mínimo:

– Atribuição de tarefas, evitando o acúmulo de funções em um mesmo setor ou pessoa;

– Distribuição e fácil identificação das responsabilidades por cada processo;

– Maior aproveitamento dos talentos operando na função certa, aumentando a produtividade;

– Mais agilidade nas ações da empresa.

É importante observar que, para alcançar todos esses benefícios da organização dos setores, ainda que a definição de cada um seja essencial, é preciso também lembrar que a empresa é um todo, um sistema. Portanto, os setores da empresa também são interdependentes e devem contar com estratégias de integração para que funcionem em harmonia.

Por exemplo: se um funcionário sai da empresa da área comercial, para que ela opere perfeitamente, os recursos humanos precisam responder em tempo a demanda por um novo profissional e, por conseguinte, isso depende da disponibilização financeira para esse processo e da deliberação da administração, esse processo irá refletir na entrega ou resposta ao cliente executada pelo operacional. Nessa perspectiva, o sucesso ou o fracasso de um setor é o sucesso ou o fracasso de toda a empresa.

Em paralelo, o sucesso do negócio também depende do seu, e a busca por qualificação profissional e pessoal como gestor empresarial é determinante para isso, inclusive para que seja possível colocar em prática questões como a organização efetiva dos setores da empresa. Aproveite para adquirir mais conhecimento lendo nosso post: Descubra como alcançar os seus objetivos empresariais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *